Poema no escuro

Não durmo 

Nem ele

Seis horas

Separados pelo que somos

Ele inquieto que pinta e compõe 

Eu confortável na zona do nada vale

Procuro poemas pelo Facebook

Porque somos tantos ali

Com a mania

De enfiar um retrato abaixo das coisas lidas

Mas eu não acredito em versos estrangeiros

Sem a menção do tradutor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s