são paulo do fim

são de todos os lugares,

negros, loiros, acabados,

mais homens que mulheres,

elas normalmente companheiras,

sem casa nem teto.

o que mais aterroriza 

meu coração

é ver aquelas noites de fogueira na praça dom josé gaspar 

que eu imaginava findas

e as gangues de adolescentes

gritalhonas sob as tendas

como se nunca tivéssemos

abandonado o crash de 29

e a depressão dos trinta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s