romária sorte

perdemos em 1982 certos de que tínhamos a seleção dos sonhos.

e quando ganhamos o título, em 1994, nosso futebol (sangue e criação) já parecia morto.

2002 não fez tanto assim para melhorar as coisas.

2014 piorou as coisas.

e 2018 é o nosso tanto faz, porque desde 1994 sabemos que ganhar é uma questão de bebeta, malandra, romária sorte.

mas hoje nem malandros podemos ser, certo?

só eles lá no topo do mundo podem…

a nós, resta jamais comemorar as mínimas vitórias e (principalmente)

aprender a sofrer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s