Natureza sem precedentes

Nunca vi coisa parecida com o documentário Our Planet. O mais próximo em impacto que uma filmagem da natureza exerceu sobre mim foi A Crônica de Hellstrom, sobre insetos, que passou em cópia ruim no Cine Bijou dos anos 1970. Meus olhos de criança mal fecharam por dias.

Agora, em Our Planet, com David Attenborough na narração, não só as imagens são espetaculares e tornam todas as outras menores, tímidas, esmaecidas e insuficientes, como sua narrativa poderosa, construída com vagar e detalhe a cada segmento, abre a perspectiva de conhecimentos que imaginávamos impossíveis.

Descobrimos águias investindo contra suas irmãs, rituais em que os pássaros integram corpos de balé para atrair fêmeas, tragédias e perseveranças dos animais sobre a terra, no céu e sob a água. Sem a presença humana, exceto a de seus sinais de devastação, o documentário parte de um ponto de vista claro sobre a urgência de mudanças e nos convence de que há esperança de rápida reconstrução de habitats, caso sejamos firmes. Se você lutar pela Terra, espectador, ainda haverá chance!

Seis diretores com equipes em cada parte do globo trabalharam por quatro anos para obter imagens incríveis, até da vida animal e da floresta aos poucos reconstruída em Chernobil. Usaram câmeras em armadilhas, casebres, tendas, fizeram os drones nos mostrar animais espremidos nas praias depois de criminoso degelo.

As equipes passaram invernos rigorosos em tendas, vinte dias atrás de uma avalanche de gelo, entre outras tantas e tantas proezas, às vezes em busca de dois minutos imprescindíveis.

Em inesperadas situações-limite, acompanhamos emotivos o surpreendente suicídio de morsas, o seguro caminhar do tigre siberiano, a baleia azul com seu filhote na água, os orangotangos que sobem nos galhos e usam ferramentas para comer formigas, peixes que constroem fortalezas com conchas para atrair fêmeas – e peixes ladrões que roubam suas conchas para vencer as disputas…

Magnífico não dá a dimensão do que se vê.

E lá vou eu desistir da Netflix por causa de mecanismo? Ele que se mude. #netflixcancelmecanismo

Um comentário sobre “Natureza sem precedentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s