Afasias

Vejo amigos envolvidos na sincera tentativa, às vezes desesperada, de mostrar aos outros no facebook o perigo de seu voto indiferente ou anulado (porque com os bolsonaristas de face ninguém consegue mais falar).

Há quem sempre retruque a meus amigos alegando exageradas as suas preocupações. “Ah, mas você está assim porque é petista”, costumam dizer. “Use bem a palavra fascismo”, é outra alegação, “não serve”…

Meus amigos preocupados não são comunistas. Muitos até mesmo vilanizaram Dilma e Lula no passado. São apenas pessoas que leram e escreveram em sua vida, gente culta, gente que entendeu The Wall e bem mais.

Como dizer a eles e a nós que o que vemos surgir não é fascismo? É o fascismo sim, piorado ainda mais pelo entreguismo, porque nenhum destes novos fascistas é nacionalista. O cujo jura lealdade à bandeira americana, e esse é o seu fascismo colonizado de caricatura. Sua anatomia da destruição, acompanhada da informação distorcida e inventada (que havia fartamente antes), floresce agora nas redes sociais.

De resto, tudo bate com o conhecido. Um homem desarticulado que para as massas funciona bem. Que precisa delas, do espírito de conquista sempre acelerado, não importa a situação, para ser impulsionado. (A guerra é um componente vital para o fascismo.) Eu arriscaria Edir Macedo como um de seus goebbels. Hitler também não entendia patavina de economia.

Todas as agressões ocorrem para satisfazer esse ímpeto espetacularizado. Militantes fascistas esfaquearam e balearam quem quiseram, em qualquer hora do dia ou da noite, em milícias de todas as cores. Incendiaram casas, livros, jornais.

A legalidade no fascismo é pra gosto externo. Ela existe para o outro, não pra mim. E por isso, no fascismo, a justiça é aparelhada, enquanto na vida pratica-se a morte, a exclusão, o confinamento dos indesejados.

Cujo não quer o debate, mas o espetáculo tão bem-vindo aos nazistas. No Brasil, espetáculo chinfrim, mas ainda assim sob o necessário intento da militarização, aquela que favorece uma indústria internacional, enquanto destrói as reservas de minério do país e expande o tráfico, este que num primeiro espetacularizado ato neste ano matou Marielle.

O fascismo ilude igualmente ricos e pobres, como acontece aqui. Na Alemanha e na Itália enganou judeus, que no início o financiaram. Aqui engana igualmente judeus, mas, versão caricata, os negros pobres também sonham que os fascistas farão sua segurança.

Creio que meus amigos são heróicos em conversar com seus pares de classe média sobre fatos tão graves aos quais são indiferentes. Porque ela é o que é, desde a formação. A média que espalha a ideologia do mais forte, porque não tem mais nada senão o medo de perder o que considera sua proteção, sua fonte de riqueza.

Enfim, digo tudo isto agora depois de um pesadelo em que eu sofria de afasia e não podia retrucar…

Mas vamos seguindo, vamos sabendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s