MAô pro mundo

Eu não escrevo pra ser bonito, escrevo pra entender. Armo um esquema no arame para atravessar uma ponte e alcançar aquele lugar onde antes não estive.

E o que procuro entender (ou descrever) agora é a felicidade deste dia em que sai MAô.

Nem posso assegurar que o Mau, autor da proeza, se lembre disso, mas pedi tanto, pela vida, que fizesse um disco seu!

(Vida que caminha nos trinta, e trinta anos em comum, embora o ministro talvez desconheça, não são três… Há intimidade e unicidade. Somos dois ou um?)

Talvez esse meu pedido pelo disco tenha caminhado em silêncio por seu grande coração. Sabemos quão imenso ele é! E a arquitetura final, então, nascido da necessidade, da convivência, de um apelo.

Anteontem, durante a audição no estúdio, muitos amigos seus se disseram surpresos com a expressão autoral deste produtor. E ainda menos agora, num certo Brasil…

Um deles, escritor, tinha lágrimas nos olhos porque o disco, além de tudo, trazia uma inesperada alegria; uma outra, música, agradecia que Mau não tivesse se fechado em egotismos na hora de fazer um trabalho que se comunica com o mundo, com todo mundo.

Principalmente, muita gente não sabia que o antigo integrante do Nouvelle compunha, além de tudo, tantos sambas…

Mudei de casa recentemente, tudo é um caos, mas aqui estão as fotos que encontrei hoje. É quase certo que a música popular lhe tenha sido apresentada pelo pai, Orlando, descendente de italianos com a alma em Nelson Cavaquinho, as palavras em Cartola e o rosto, sem que desejasse, no imaginário do cinema.

Nos fins de semana naquela chácara que alguns amigos conheceram, a música era o sol para seu Orlando e para nossa família estendida. Os instrumentos se trocavam, os músicos entravam e saíam, como numa roda. Samba se faz em comunidade, me ensinaram. Tínhamos uma…

O Mau escreve música todo dia, não necessariamente no papel. São tantas que você talvez ainda ouça muitas delas. As rosas não falam enquanto ele pisa macio nesta terra de todos e de ninguém.

Bem-vindo, MAô, nossa luz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s