doris maior

me lembro de a crítica na minha adolescência ser tão pesada contra a doris day.

branca, virgem, cristã…

como se ela tivesse sido a única a representar certos valores nos filmes de uma hollywood sob censura até o início dos anos 1970…

comediante das melhores, cantora que podia dançar…

eu amava que hitchcock a tivesse entendido bem, estendendo sua atuação para o drama. e que ela tivesse feito “pillow talk”, entre outras comédias com rock hudson, para alegrar as minhas tardes.

e além de tudo doris foi amiga de hudson até o fim, sem ligar pra qualquer histeria do público e da imprensa de seu tempo em relação à aids que ele contraíra.

me lembro da perseguição que ele sofreu para declarar-se gay, e me lembro de um artigo de ruy castro defendendo a divulgação da informação como “relevante”.

doris day era maior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s