contra a grosseria, o abandono e o incêndio entre nós, só tenho tido uma receita particular, que é buscar a beleza onde de início não consigo vê-la.

às vezes (a maioria delas) encontro o que é belo no homem da rua, na criança cujos olhos sempre me localizam, no anúncio luminoso do ponto de ônibus refletido na placa espelhada. e fico achando que passarei por cima de tudo o mais que é ruim, justamente porque esta tarefa de sísifo me distrairá pra sempre.

mas às vezes também só espero a hora de dormir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s